MARGARIDA DRUMOND DE ASSIS

- Professora, Escritora, Jornalista, Diretora Teatral, Poetisa, Romancista, Redatora, Cronista -

Margarida Drumond
Margarida Drumond
Margarida Drumond

UM POUCO DE MARGARIDA DRUMOND

UM POUCO DE MIM

 

Sou mineira, de Timóteo, filha de Manuel Assis Bowen e de Margarida Drumond Bowen; mãe de Gelmar (esp. Eliana), Juliano (netinha Gabrielly) e Allan. Escritora, sou romancista, poetisa, cronista, ensaísta, historiadora, roteirista, trovadora, dramaturga e diretora de teatro. Agraciada com tantos gêneros literários, ainda me alegro ao acrescentar ser fotógrafa. Constam as exposições: “Campo e Cidade”; “Brasília: vida e arte”; e “Belo e Divino”. 

 

Profissionalmente, sou professora de Língua e Comunicação, jornalista, assessora de literatura e revisora. Em 2012, completaram-se trinta anos de trabalho nas áreas de Educação e Comunicação, principalmente, atuando nos últimos vinte anos nas Faculdades Alvorada, UNICESP, AEUDF e Universidade Católica de Brasília – UCB, nesta última por mais de dez anos; e no meio jornalístico, aqui em Brasília, trabalhei na Rádio Capital; jornal A Gazeta e no Jornal Satélite. 

 

Adepta de Crônicas, desde 1970, quando comecei a escrever para a Rádio Educadora, Cel. Fabriciano/MG, onde já trabalhava, mantive por cerca de três anos, a partir de 2011, o espaço “Dom Luciano, pastor e irmão”, programa do Pe. Edemilson, na Rádio 9 de Julho, São Paulo - Capital. Paralelamente, durante dois anos, escrevi crônicas sobre Dom Luciano e Padre Antônio de Urucânia, programa “Vivendo nossa fé”, do Pe. Maikel - Rádio Educadora, Cel. Fabriciano; e na Rádio Ubaense, em Ubá/MG. Por longos anos, fui colaboradora do Jornal Classivale – Ipatinga, em espaço que intitulei “Eu conto pra você”, tratando de assuntos diversos, e, esporadicamente, escrevi para a Folha do Comércio, blog de André Falcão. A partir de 2017, mantenho crônicas sobre o cotidiano nos espaços da rede social acontecendoonline – Leoncio Correia, e redacaobairrosnet – Paulo César; facebook e blog pessoal, entre outros.

 

Nesta caminhada, pertenço a vários organismos culturais, dentre eles a Academia de Letras e Música do Brasil – ALMUB; Academia Taguatinguense de Letras – ATL; Academia Internacional de Cultura – AIC; Associação Internacional de Escritores – LITERARTE; Associação Nacional de Escritores – ANE; Academia de Letras e Artes de Goiás Velho – ALG; Academia de Ciências, Letras e Artes de Vitória – ACLAV; Academia de Letras e Artes Buziana – ALAB; Academia de Letras e Artes da Serra – ALEAS; Academia Capixaba de Letras e Artes de Poetas Trovadores  - ACLAPT.  Romancista, recebi a Medalha Mérito Centenário Nascimento Jorge Amado 2012;  Prêmio Interarte 2012, por Melhores Livros de Romance – Aconteceu no cárcere; Prêmio Excelência Cultural 2013 ABD; Destaque Poético 2013, pela Academia de Letras e Artes de Fortaleza – ALAF; Prêmio de Arte e Literatura Interarte 2014  - Melhores Documentários, por Dom Luciano, especial dom de Deus; Destaque do Ano 2014 - Prêmio Carlos Drummond de Andrade; Troféu sem Fronteiras – 2015 – 2016; Prêmio Talentos Helvéticos-Brasileiros – 2017, categoria Biografia, Dom Lara: vida de amor, testemunho de caridade.

 

Na formação acadêmica, eu me graduei em Letras – Português-Inglês e Literatura, pelo Centro Universitário de Caratinga - UNEC,  Caratinga/MG; também, ali, a Pós-Graduação em Língua Portuguesa; na sequência,  Comunicação Social - Jornalismo, Universidade Católica de Brasília - UCB – Brasília/DF, e, também nesta Universidade, o Mestrado em Planejamento e Gestão Ambiental - Dissertação: “Percepção dos impactos socioambientais advindos do Turismo Religioso em Urucânia/MG. Em 2011, pela Faculdade de Artes Dulcina de Moraes, uma nova Pós, agora em Direção Teatral - Monografia: “Da página ao palco, estudo e transposição de linguagem de ‘O espelho’, de Machado de Assis”, peça cujo texto escrevi e dirigi como trabalho final do curso; em 2016 transformada em livro. Pelo amor ao teatro, já levei ao palco vários de meus textos, dentre os quais, as histórias de Tempo de saudade; Tempo de saudade – uma homenagem a Brasília; Margarida Drumond – 30 anos escrevendo pra você; Dom Luciano, especial dom de Deus; Padre Antônio de Urucânia, a sua bênção; Aconteceu no cárcere; e O espelho, para citar alguns. De outros autores, destaco a peça que dirigi, após produção do texto com alunos do Ensino Médio, Centro Educacional 7, M Norte, Taguatinga/DF, do Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna.

 

De intensa formação e vivência cristã, fui catequista, durante muitos anos:  em Timóteo, Cel. Fabriciano e Taguatinga; membro do Serviço de Animação Vocacional de Brasília. Participo das Missas da Divina Misericórdia, Capela Santa Luzia na Colônia Agrícola Samambaia/DF, Pe. Dercílio Rodrigues Braga; e  da Equipe de Liturgia – Capela Nossa Senhora Aparecida – Paróquia São Francisco de Assis – Valparaíso de Goiás/GO.

 

Entre uma e outra atividade, levo meus livros a novas cidades, interagindo com outros grupos, fazendo teatro, recitais... Bem, vou me pondo a caminho, pois a estrada e a história de nossa vida, nós mesmos as construímos, de nosso jeito, dentro de nossas possibilidades. Na Literatura, conforme nos permite o Pai, lancei em novembro de 2017, em Brasília/DF,  o romance Doce complicação – quando celebrei “Margarida Drumond: 40 anos, escrevendo pra você”, com leitura dramatizada de “O espelho”. Para julho próximo, já agendado o lançamento da biografia provisoriamente intitulada “Eu já nasci Padre”, sobre Padre Abdala, Paróquia São José de Acesita, Timóteo/MG; e, acreditem, para o mês anterior, a biografia “Irmã Mônica: caminho de Providência”, apresentando a dominicana francesa Monique Leclercq, em São Domingos do Prata há 50 anos. Também há crônicas, poesias... uma profusão de escritos os quais virão a público aos poucos.  

           

Para adquirir meus livros, entre em contato comigo pelo
​​​​​​​e-mail: margaridadrumond@gmail.com;

ou pelo telefone (61) 99252-5916 ou Whatsapp (61) 98607-7680.

Margarida Drumond